Como foi criada a raça pit
Como foi criada a raça pit

Como foi criada a raça pitbull-Desvendando a História e Origens da Raça Pitbull

Como foi criada a raça pit-O Pitbull, também conhecido como American pitbull terrier, teve sua criação nas Ilhas Britânicas, principalmente na Inglaterra, no século 18.

Sua história remonta ao antigo Bulldog Inglês, uma raça que era usada para esportes brutais como as rinhas de cães e também para enfrentar touros em um esporte chamado “bull-baiting”. O Bulldog Inglês daquela época era conhecido por sua força, coragem e resistência, características que mais tarde seriam transmitidas à raça Pit Bull.

Como foi criada a raça pitbull

No entanto, à medida que as leis começaram a proibir práticas cruéis como o bull-baiting, os criadores de Bulldog Inglês buscaram novos propósitos para seus cães.

Eles começaram a cruzar Bulldogs com Terriers, que eram conhecidos por sua agilidade e energia. Essa mistura visava criar um cão que combinasse a força do Bulldog com a agilidade e velocidade do Terrier.

O resultado foi o que conhecemos hoje como American Pitbull Terrier. Esses cães eram inicialmente usados em rinhas de cães, onde sua resistência e tenacidade eram valorizadas. No entanto, em 1835, a Grã-Bretanha proibiu rinhas de cães com a Lei da Crueldade contra os Animais.

Apesar da proibição, a popularidade dos Pitbull continuou a crescer, e eles eventualmente foram levados para os Estados Unidos por imigrantes britânicos e irlandeses, principalmente durante a Grande Fome na Irlanda, entre 1845 e 1850. Nos Estados Unidos, os Pit Bulls foram usados principalmente como cães de briga e para caça pesada.

Com o tempo, a raça foi aprimorada por meio de cruzamentos seletivos e seleção de características desejadas, como temperamento amigável com humanos.

Em 1898, o American Pit Bull Terrier foi oficialmente reconhecido pelo Kennel Club nos Estados Unidos, e em 1905, a American Dog Breeders Association (ADBA) foi fundada como a principal organização de registro da raça.

Hoje, os Pit Bulls são conhecidos por sua lealdade, inteligência e força. Eles são cães versáteis que podem ser excelentes animais de estimação, cães de trabalho, cães de terapia e muito mais.

No entanto, a raça também enfrenta desafios, incluindo estigmas relacionados a incidentes de agressão, o que destaca a importância de um treinamento adequado e responsabilidade por parte dos proprietários.

Como foi criada a raça pitOrigens

Origens na Grã-Bretanha A raça Pit Bull teve suas raízes nas Ilhas Britânicas, com seu ancestral direto, conhecido como “Bulldog Terrier,” surgindo no século 18. Este cão foi resultado da mistura entre o antigo Bulldog Inglês e o Terrier Inglês, buscando combinar a força do Bulldog com a agilidade do Terrier.

Como foi criada a raça pitPapel nas Brigas de Cães

O Papel nas Brigas de Cães Inicialmente, esses cães eram usados em brigas, incluindo confrontos com touros. Em 1835, a Lei da Crueldade contra os Animais proibiu essas práticas,

levando os criadores a continuar de forma clandestina, promovendo apenas brigas entre cães. Foi durante esse período que os criadores perceberam a necessidade de melhorar a raça para torná-la mais ágil e rápida.

Papel nas Brigas de Cães-Imigração para os Estados Unidos

A Imigração para os Estados Unidos Entre 1845 e 1850, durante a Grande Fome na Irlanda, cães Bull Terrier foram levados por imigrantes britânicos e irlandeses para os Estados Unidos.

Lá, eles foram utilizados principalmente como cães de briga e para caça pesada. Nos EUA, a raça foi aperfeiçoada por meio de cruzamentos seletivos com outras raças.

Como foi criada a raça pitPapel nas Brigas de Cães

Reconhecimento Oficial e Padrões Em 1898, o American PitBull Terrier foi reconhecido pelo Kennel Club (KC) nos Estados Unidos.

Em 1905, uma nova associação de criadores, conhecida como ADBA (American Dog Breeders Association), foi fundada e se tornou o principal registro da raça. Hoje, no Brasil, a ABPT (Associação Brasileira do Pit Bull Terrier) é responsável pelo registro e estabelecimento dos padrões da raça.

Pit Bull Atual e Controvérsias Embora a raça Pit Bull tenha uma história rica, sua reputação foi marcada pelas rinhas de cães, que foram proibidas nos Estados Unidos entre 1920 e 1970. Atualmente, os Pit Bulls participam de competições esportivas, como tração e agility.

O nome “Pit Bull” se origina das rinhas, com “Pit” referindo-se ao fosso onde as lutas ocorriam e “Bull” associado ao antigo Bulldog Inglês. Há debates entre criadores sobre a influência do Terrier Inglês na raça, com algumas teorias afirmando que o Pit Bull é uma evolução direta do Bulldog Inglês.

YouTube video player

FAQ: Perguntas Frequentes sobre a História do PitBull

Pergunta 1: O PitBull é uma raça antiga? O Pit Bull teve origem no século 18, com a mistura do antigo Bulldog Inglês e do Terrier Inglês, tornando-se uma raça reconhecida no final do século 19.

Pergunta 2: Por que o nome “PitBull”? O nome se refere aos fosso (“pit”) onde ocorriam as rinhas de cães, com “Bull” associado ao antigo Bulldog Inglês.

Pergunta 3: Qual é o papel atual dos PitBulls? Hoje, os Pit Bulls participam de várias competições esportivas, como tração e agility, além de serem excelentes cães de companhia.

Pergunta 4: Há controvérsias sobre a origem da raça? Sim, alguns criadores argumentam que o PitBull é uma evolução direta do Bulldog Inglês, enquanto outros afirmam que houve influência do Terrier Inglês.

Pergunta 5: Como é o padrão da raça PitBull? Os machos devem ter entre 45 e 53 cm de altura na cernelha, enquanto as fêmeas devem medir entre 43 e 50 cm. O peso ideal varia de 15 a 27 kg para machos e 13 a 22 kg para fêmeas, com harmonia nas medidas e aparência quadrada de perfil.